segunda-feira, 21 de março de 2011

Inveja mata?

 Bom se mata realmente eu não sei, até pq eu nunca vi ninguém morto por ai, e quando perguntaram: porque morreu?alguém dizendo: Foi de inveja... Mas acredito que se isso acontessece teríamos gente caindo as pencas por ai, vou escrever um pouco sobre inveja, um sentimento q me repugna e q me tráz muitos aborrecimentos.
 Quando usamos a palavra inveja, estamos nos referindo a "ter inveja de alguém por ter algo que não se tem". Todavia ela surge, graciosa e sedutora, quando se sente uma sensação de perda, um vazio não preenchido pelo objeto de desejado ou perdido, principalmente quando, numa formulação mental mesquinha e destrutiva, a pessoa considerasse muito mais digna do que aquele que possui o que não se tem.
Inveja é um sentimento de aversão ao que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem e de tirar essa mesma coisa da pessoa, fazendo com que ela fique sem. É um sentimento gerado pelo egocentrismo e pela soberba de querer ser maior e melhor que todos, não podendo suportar que outrem seja melhor.
Os indivíduos disputam poder, riquezas e status, aqueles que possuem tais atributos sofrem do sentimento da inveja alheia dos que não possuem, que almejariam ter tais atributos. Isso em psicologia é denominado formação reativa: que é um mecanismo de defesa dos mais "fracos" contra os mais "fortes"a inveja seria, popularmente falando, a arma dos "incompetentes".
Numa outra perspectiva, a inveja também pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outra pessoa, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la.
Inveja significa: (Desgosto ou pesar pelo bem ou pela felicidade de outrem. Desejo violento de possuir o bem alheio.)


A inveja produz profundas lesões na vida espiritual, tão séria a ponto de lançar os que a cultivam nas trevas eterna. É um pecado que passa desapercebido pelos que estão próximos, mas, que consome a vida que a hospeda.


Invejosos eram os fariseus e os saduceus na época de Jesus de Nazaré. Invejoso foi Judas. E Barrabás, ao se ressentir do carisma que o Mestre possuía naturalmente.
Veja o que nos diz a Palavra de Deus:
1) “A paz de espírito dá saúde ao corpo, mas a inveja destrói como câncer”. Pv 14.30
2) “Nós não devemos ser orgulhosos, nem provocar ninguém, nem ter inveja uns dos outros”. Gl 5.26
3)O coração tranquilo é a vida da carne; a inveja, porém, é a podridão dos ossos. Pv 14.31
4)Pois a dor destrói o louco, e a inveja mata o tolo. Jó5.2
5)Cruel é o furor, e impetuosa é a ira; mas quem pode resistir à inveja? Pv 27.4
6)Tanto o seu amor como o seu ódio e a sua inveja já pereceram; nem têm eles daí em diante parte para sempre em coisa alguma do que se faz debaixo do sol. Eclesiastes 9.6



É maléfica à vida do servo (“A paz de espírito dá saúde ao corpo, mas a inveja destrói como câncer”. Pv 14.30; Jó 5.2) e envolve todo o ser, apaga o Espírito de Deus e produz resultados terríveis (“O ódio é cruel e destruidor, mas a inveja é pior ainda”. Pv 27.4).


"Portanto, abandonem tudo o que é mau, toda mentira, fingimento, inveja e críticas injustas". A sensibilidade ao Espírito Santo faz-nos sentir o pecado ainda no seu inicio (na mente), e cabe a nós a responsabilidade de não deixarmos que cresça e floresça na vida. Somos chamados a vivermos em santidade, e esta condição não deixa brechas para qualquer tipo de sentimentos pecaminosos. A inveja é condenada pelo Senhor, é denominada como fruto da carne (Gl 5.21). Geralmente tem sua origem em disputas insensatas (“Discutir e brigar a respeito de palavras é como uma doença nessas pessoas. E daí vêm invejas, brigas, insultos, desconfianças maldosas” 1Tm 6.4) e é exercitada pelas boas ações e o sucesso do próximo, seja no campo profissional ou pessoal


De maneira geral as pessoas confessam ódio, humilhação, medo, ciúme, tristeza, cobiça. Inveja, nunca. A inveja admitida se anularia no ato, transmutando-se em competição franca ou na desistência. A inveja é o único sentimento que se alimenta de sua própria ocultação.


O homem torna-se invejoso quando desiste intimamente dos bens que cobiçava, por acreditar, em segredo, que não os merece. O que lhe dói não é a falta dos bens, mas do mérito. Daí sua compulsão de depreciar esses bens,fingindo julgá-los mais valiosos que os originais.


O ciúme traduz o sentimento de propriedade, ao passo que a inveja mostra o instinto de roubo."
( Autor Desconhecido )


Bom amigas q a paz reine em seus ♥.

2 comentários:

Mamãe Cristã disse...

oii flor, belo post; com certeza se inveja matasse, mta gente estaria caída, como vc falou. temos que lembrar que o maior e primeiro invejoso da história foi o proprio satanás, que queria ser mais do que Deus! inveja é um sentimento de pessoas que tem baixa autoestima, pessoas que não se contentam com o que tem.. só Deus mesmo pra dar força.. beijos

Rose disse...

Nossa!!!!!!!!!!!!!!!que post.
O sangue de CRISTO tem poder, peço a Deus que não permita esse sentimento em meu coração, com todos os defeitos do mundo que tenho sofro tanto com isso, ou melhor sofremos né Meiry, prefiro desejar o bem, ou não desejar nada, mas Deus é longanimo e benigno por isso não permite essas pessoas morrerem, pra ver se elas se libertam desse sentimento diabolico. bjinhus amo te.

Postar um comentário

Sua visita alegra meu dia♥