domingo, 13 de maio de 2012

Simplesmente mãe

Clarice Lispector diz: Estou dando a você a liberdade. Antes, rompo o saco d'água. Depois, corto o cordão umbilical. E você está vivo por conta própria.


Quando eu era pequena, morava numa casa sem muros, era minha casa casa do vizinho da direita casa do vizinho da esquerda, assim mesmo, do modo q coloquei, sem nada para separá-las. Vou contar uma história, 
(baseada em fatos reais) antes porém, vcs  estão sentadas? pq o tempo vai esquentar, (literalmente) e prometo q, não vou poupá-las duma boa dose de  exagero, das aventuras de Meiry e Rose. Memórias da infância...
Era um dia como outro qualquer, fazia um calor muito intenso, o litoral podia ser aqui, (mas não era) eu e minha irmã, estávamos de bobeira, resolvemos então desbravar o mundo (o quintal do vizinho da direita). Esse q por sua vez, tinha uma casa pequena, com um quintal gigante e, toda envolta de bananeiras, e pela estiagem  daqueles dias, estas estavam muito secas. Eu + Rose, resolvemos então descobrir o poder do fogo.
Sabe-se q, criança e fogo não combinam, mas nós eramos consideradas duas santas, neste caso do pau-oco (apenas neste caso), agente só assistia a Xuxa, e de vez em nunca, saíamos para explorar o mundo 
(quintais de alheios).
Eu toda faceira, peguei então uma caixa de fósforo e tentei acender um palito, não fui feliz; Rose toda provida de talento, usou de toda sua esperteza e maturidade e, consumou o ato, acendendo o dito-cujo. E daí por diante, sim aconteceu exatamente o q vcs estão pensando. 
O q mais me admira era a inocência, tão tão tão... q quando olhamos para cima, achamos lindo, todo aquele fogo (muito fogo!!!), mas com o calor em exsseço, saímos correndo para casa, (graças a Deus) ou melhor, para baixo da cama e, lá ficamos  rindo, tanto/como se tivéssemos inalado gás hilariante. Deus!!! o mundo acabando lá fora, ou seja, pegando fogo e, agente se divertindo, (rs) seria cômico, se não fosse tão trágico. Fim.


Mas, o q tem haver, o título da postagem, com esta história absurda, da minha infância, q embora pareça, mas está longe de ser ficção
Quando fizemos tamanha arte, muito perigosa por sinal, não só para nós duas, mas para tantos outros, o vizinho estava em sua casa dormindo, e se não apagassem o fogaréu a tempo, ele morreria carbonizado. Esqueci de contar, q um monte de gente apareceu e apagou o fogo. Acho q estão todas sufocadas até agora...rs 
Nesta ocasião, todos saíram em nossa defesa, o próprio morador da casa prestes a incendiar,  dizia: essas meninas jamais fariam isso, minha avó estava conosco, e falou: -minhas netas são duas santas, não saíram de perto de mim! Mas hoje não é o post da vó, para este dia, logo farei um.
Uns garotos viram toda cena, (vizinhos da esquerda)  contaram para todos q, tinha sido: eu e minha irmã, mas não teve jeito, os coitados q, levaram a culpa por nós. E por serem muito arteiros e levados da breca, todos os incriminaram e, se fosse nos dias de hoje, teriam sido fuzilados mas, como isso foi muito antigamente, não pegou nada para eles, (rs), foram agredidos apenas com palavras de baixo calão.
Voltando ao título ( mãe) chegou a vez da minha santa mãezinha, mais tarde, quando ela  chegou do trabalho, minha avó narrou o ocorrido, e my mother não exitou e, tão logo, saiu em nossa defesa. E mesmo tendo confessando o crime, (incêndio) ela não acreditou, e não acredita até dia q é hoje. (rs)
Ah!... as mães, seres elevados, superiores mesmos, vivem em outra dimensão, numa nuvem bem fofinha, com  suave canto das coisas boas, sempre querem o melhor para seu filho (a). 
Minha mãe tinha o seu próprio bordão: "Mesmos q minhas filhas estiverem erradas, eu as defenderei". E ká entre nós, atire a primeira pedra, aquela q não faz isso. Podem até dizer o contrário, mas deixa alguém fazer qquer coisa para o seu bebe q, ocorre uma mutação de mãe para leoa e, defende sua prole, com unhas e dentes, ambos afiados na mesma proporção.  Mais tarde, bem mais tarde, pode até achar q errou na mão, no ponto, mas na hora do suposto ataque a sua cria , ela arma o tal do cavalo de batalha, e se joga num duelo.
Já mais adulto, embora q para mãe o filho nunca cresça, o instinto de proteção diminuí, tanto em dimensão como em quantidade, isso pode ser q sim, como pode ser q não, (rs) ainda q, sempre estará na retaguarda. 
E quando o filho faz suas amizades? raramente os amigos, são pessoas de bem, tão pouco, de boa índole, sim, pq todos q se aproximam, são má influência indignos do convívio com uma pessoa tão bem, "ensinada and criada", desta forma contaminará sua cesta de frutos, irritando ao extremo (quem está de fora). 
E quando o filho comete alguma "arte", qual é o texto formado de uma mãe? foi as más companhias! essas coisas... 
Busca-se a todo custo evitar a dor, dor essa q muitas vezes é impossível evita-la, pois desde q o nosso filho nasce, nasce junto, a dor e a delícia de ser mãe, não é só o lindo laço genético, é o amor demasiado, desmedido, desregrado, é algo divino, é coisa de mãe, simples assim, né mães?
E isso vai nos acompanhar para o resto de nossas vidas.  
Agente até diz q, nunca podemos perder de vista os valores fundamentais, mas quando trata-se "do nosso", perde tudo, visão, audição... todos os cinco sentidos, peraí q, mãe tem seis! (rs), esquece tudoooo, e os tais valores fundamentais; quem? quando? onde... do q que se está falando? Quem é esse tal de valor fundamental, aparece aí se for homem, (rs).
Ser mãe é quase, estar estar acima do bem e do mal, é ser café com leite, são os digamos privilégios de ser mãe, e discordando um tiquinho da poeta, mãe nunca da liberdade, muito menos, deixa um filho viver por conta própria. Sinceramente, eu ainda não entendo como existe mães, q faz mal para o próprio filho, é de mais para minha imaginação.
Para mim ser mãe, é tudinho o q escrevi, um desejo é q quando procurasse no dicionário, o significado da palavra mãe, aparecesse AMOR, a minha Mel me chama de mô, uma mistura de mãe e amor, é a coisa mais linda deste mundo. Eu acredito assim, mãe é amor, e se é q temos algum defeito? este é só de não viver para sempre! 
Mãe eu te amo, vc é a melhor mãe do mundo, Rose eu te amo, vc é minha segunda mãe.
Mel... eu amo ser sua mãe, eu não sei viver nem ser sem vc!
                                             com amor de mãe: Meiry




                                                      

7 comentários:

Rose disse...

aIAI, LINDO D+ É CLARO ESTOU AOS PRANTOS E EM MEI A ELE MUITA RISADA, CIMO SEMPRE ACONTECE QUANDO ESTAMOS JUNTAS, OU SEJA SEMPRE, MEIRY MINHA IRMA QUERIDA, OU MELHOR MINHA FILHA QUERIDA, DESEJO A VC MUITAS BENÇÃOS, MUITAS MESMO, E VC SABE DISSO, EM ESPECIAL EU COMO MÃE DAS 4 CRIATURINHAS MAIS LINDAS DO UNIVERSO DESEJO, ALIAS DESEJO NÃO AGUARDO, E CREIO QUE NOSSO DESEJO, DIGA SE DE PASSAGEM SAGRADO NOS ACONTEÇA, PORQUE AFINAL NÓS SOMOS "SANTAS"BJINHUS MINHA QUERIDA AMO VC

Kariny disse...

kkkkkkkkkkk, Meiry, Meiry! Estou até agora rindo da arte que vocês fizeram, e do fato de ninguém ter acreditado, rsrs! Mas sobre o post, realmente mães são assim, leoas, defensoras por natureza, esse é um dom divino maravilhoso! Espero que tenha tido um dia das mães maaaravilhoso, cheio de beijos, abraços e sorrisos! Beijos no coração e uma ótima semana a vcs!

Minha Filha Minha Vida disse...

Acho que ser mãe é mesmo isso ... defender com unhas e dentes mesmo que os filhotes estejam errados (e neste caso do fogarél bota errada rsrsrsrs)

beijos

Mamãe pela 2ª vez disse...

Oi Meiry eu deixei um recado pra vc la no blog da Rô porque desejei um feliz dias das mães atrasado, e to vendo que fiquei mais atrasada ainda, mas dia das mãe é todo dia rs.

Bjus

Luigia Macena disse...

Oi, Meiry!
Recebi o meu presente ontem, muito obrigada!
Adorei!

Depois vou postar uma foto lá no blog.

Mil bjus

Bruna Araújo disse...

Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

ontendency.blogspot.com

Mamãe pela 2ª vez disse...

Ta fazendo greve de post é sempre venho aqui e no blog da Rô, rs.
Kd aqueles post lindos?
Se viu Meiry compramos o terreno nem acredito que vou morar em casa, pra vc ter uma ideia meu apto é do tamanho da sala e cozinha da sua mãe junto 62 metros quadrados.
Mas agradeço a Deus por ter morado aqui pois ele me serviu por 5 anos.
Amei a festa de Melissa parabéns tudo lindo, um sonho.
bjus

Postar um comentário

Sua visita alegra meu dia♥